Se você já importou alguma vez, possivelmente já teve algum produto retido na alfandega, não é mesmo?! Possivelmente você deve ter pensado que iria perder a sua importação e não se estressou pouco para poder resolver esse problema.

Pior ainda quando você solicita o recebimento do produto em casa, mas acaba recendo a notificação de que tem que ir enfrentar aquela fila sem fim para retirar a sua compra.

Pois bem, embora isso tudo seja bem desagradável, a verdade é que as coisas estão começando a melhorar.

Então, vamos saber a seguir o que há de novidade para diminuir as dores de cabeça com os Correios na hora da importação.

Quais as novidades nas estregas?

Pois bem, a verdade é que as normas estão se modernizando e houve o lançamento de um sistema informatizado que une as informações dos Correios e da Receita Federal, isto é ótimo para quem gosta de importar de sites da China que vendem muito aqui como o Banggood Brasil e outros.

demora correios produtos importados

A primeira vantagem disso tudo é que o prazo para a entrega dos importados foi reduzida, podendo significar uma diminuição de até 10 dias.

Outra grande vantagem é que não é mais preciso ir até os Correios para realizar o pagamento dos impostos de importação relativos aos produtos que foram adquiridos no exterior.

A partir de agora, o pagamento pode ser feito da sua casa mesmo, a partir do Internet banking, cartão de crédito ou boleto bancário.

Depois que o pagamento for verificado, o produto é encaminhado para o seu endereço pelos Correios.

Um outro excelente benefício é que o sistema de rastreamento oferecido pelos Correios vai passar a avisar ao comprador sobre a cobrança de impostos.

Demorou mas chegou

A verdade é que a automatização desse sistema é algo que já deveria ter sido implementada há bastante tempo no Brasil. Isso porque a Receita Federal Recebe cerca de 200 mil pacotes de entregas por dia e, antes da instalação do sistema, eram todos verificados de forma manual.

Tudo isso não implicava apenas em demora no recebimento dos produtos. O fato é que esses 200 mil pacotes diários tinham de ser tratados para, só depois, serem enviados ao endereço.

Com isso, muitas taxações ilegais acabavam acontecendo, com a aplicação de taxas acima do que era correto.

Agora haverá uma comunicação mais eficiente entre os Correios do Brasil e os serviços de envio de outras localidades.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *